O Que É Doença Psicossomática?

O Que É Doença Psicossomática
O que são doenças psicossomáticas? – Também conhecida como somatização ou transtorno somatoforme, as doenças psicossomáticas são desordens emocionais ou psiquiátricas que afetam também o funcionamento dos órgãos do corpo. Esses desajustes provocam múltiplas queixas físicas, e que podem surgir em diferentes partes do corpo.

O surgimento dessas doenças admitem certa complexidade, pois elas podem desencadear dores generalizadas, diarreia ou constipação, tremores das extremidades, manchas na pele e falta de ar. Entretanto, esses sintomas não podem ser explicados por nenhuma alteração orgânica, já que nos exames de confirmação diagnóstica, não aparece nenhuma doença que cause esses sinais.

Geralmente, os indivíduos com doenças psicossomáticas estão frequentemente em consultas médicas ou prontos-socorros, sem contudo, obter confirmação das causas de seus problemas. Devido a essas características típicas, geralmente os médicos têm muita dificuldade em diagnosticar a causa desses desordens.

Quais são doenças psicossomáticas?

As doenças psicossomáticas, ou transtorno de sintomas somáticos, são condições provocadas por alterações emocionais e que causam sintomas físicos como dor, falta de ar, coração acelerado, tremores ou diarreia, por exemplo. Normalmente, os sintomas que resultam de doenças psicossomáticas não são explicados por nenhuma outra doença ou alteração física e/ou orgânica.

  1. Por isso, uma pessoa que tenha uma doença psicossomática, pode fazer várias consultas e com vários médicos sem nunca conseguir identificar uma causa.
  2. Os sintomas desse transtorno estão associados a um mal estar emocional e, em alguns casos, a transtornos de ansiedade e depressão, sendo mais frequente em pessoas com antecedentes familiares de somatização de experiências traumáticas.

O tratamento geralmente inclui a realização de psicoterapia, além do acompanhamento com o psiquiatra, que poderá indicar medicamentos, como antidepressivos ou ansiolíticos, para ajudar a aliviar os sintomas. O Que É Doença Psicossomática

O que é uma pessoa psicossomática?

Corpo e mente estão interligados, isto já é comprovado. Isso é chamado de doenças psicossomáticas. Leia o texto e entenda como isso funciona. As chamadas doenças psicossomáticas, de acordo com os psicólogos e psicoterapeutas, são aquelas patologias que possuem características e origem comum: a mente.

O que são doenças psicossomáticas como elas aparecem?

Doenças psicossomáticas são caracterizadas pela manifestação de uma doença orgânica, que aparece no corpo, mas que, na verdade, é de origem psicológica. Ela aparece quando o conflito emocional desencadeia doenças ou sintomas que os exames laboratoriais não conseguem descobrir a origem biológica. O Que É Doença Psicossomática Muitas vezes as pessoas procuram o médico com queixas de dores de cabeça, problemas no estômago ou intestino, quedas de cabelo, manchas na pele ou alergias respiratórias, por exemplo. Fazem todos os exames, tomam remédio e ainda assim a doença persiste.

Quando não se torna um problema crônico, ela aparece em determinados momentos. É considerável o número de pessoas que desenvolvem doenças psicossomáticas e obtêm pouco ou nenhum sucesso no tratamento médico. Diante das dificuldades no diagnóstico, procuram diversas especialidades médicas, em busca de um tratamento que diminua o sofrimento.

Porém, muitas vezes, a dificuldade do diagnóstico se dá pela resistência do paciente em reconhecer que o problema pode ser de saúde emocional. Normalmente, diante do diagnóstico impreciso, o médico comunica que se trata de uma doença de origem psicológica, de ordem emocional, desencadeada pelo estresse ou pela ansiedade.

  1. No entanto, muitas vezes, a pessoa minimiza o problema e desconsidera a importância do tratamento qualificado, com profissional adequado.
  2. Muitos acreditam que, por se tratar de um “problema da cabeça”, não é real.
  3. Porém, ao falarmos em “cabeça”, estamos falando do cérebro, responsável por todas as funções do corpo.
You might be interested:  Alergia A Bugre O Que Fazer?

Não são duas coisas separadas, não há como dissociar mente e corpo.

Quais são as doenças causadas por mágoas?

Para muitas pessoas, perdoar membros do círculo familiar, amigos ou colegas de trabalho que os decepcionaram é quase impossível. Isso acontece quando não há mais confiança ou quando os laços que os aproximavam são cortados pelas ofensas. No entanto, vencer a mágoa e oferecer perdão é necessário para garantir a saúde de quem se sentiu ofendido. >> Método militar promete trazer o sono em dois minutos Segundo a especialista em psicologia clínica Patricia Santiago, isso ocorre porque, além de tirar a paz, gerar estresse e prejudicar a qualidade do sono, o fato de nutrir sentimentos negativos influencia no desenvolvimento de diversas doenças como gastrite, hipertensão, diabete e obesidade, “Ou seja, o sofrimento é muito maior”, garante. E para tratar essas e outras doenças desencadeadas por sentimentos negativos é necessário mais do que visitas constantes ao médico ou o uso de medicamentos. “Tenho atendido pacientes que, após diminuírem o estresse causado pela mágoa e pelo ódio, melhoraram seus quadros de hipertensão e diabete, por exemplo”. Essa melhora, segundo a especialista, ocorre quando o paciente decide perdoar quem o magoou, aliviando sua carga emocional. No entanto, o processo para isso exige alguns passos. Veja quais são:

Tem como ficar doente por causa do emocional?

2. Enxaquecas – As desordens emocionais podem mexer com o nosso sistema nervoso, causando algumas reações, como alterações visuais, insônia, formigamento, e também, as enxaquecas e cefaleias. Quando a dor de cabeça não está relacionada a nenhum tipo de doença, ela pode ser o resultado de um esgotamento mental,

Como saber se a dor e emocional?

Dores de cabeça, tensão nos ombros e sensação de queimação na boca do estômago são sensações que podem estar relacionadas ao emocional.

O que é ansiedade psicossomática?

O que são doenças psicossomáticas? – Também conhecida como somatização ou transtorno somatoforme, as doenças psicossomáticas são desordens emocionais ou psiquiátricas que afetam também o funcionamento dos órgãos do corpo. Esses desajustes provocam múltiplas queixas físicas, e que podem surgir em diferentes partes do corpo.

O surgimento dessas doenças admitem certa complexidade, pois elas podem desencadear dores generalizadas, diarreia ou constipação, tremores das extremidades, manchas na pele e falta de ar. Entretanto, esses sintomas não podem ser explicados por nenhuma alteração orgânica, já que nos exames de confirmação diagnóstica, não aparece nenhuma doença que cause esses sinais.

Geralmente, os indivíduos com doenças psicossomáticas estão frequentemente em consultas médicas ou prontos-socorros, sem contudo, obter confirmação das causas de seus problemas. Devido a essas características típicas, geralmente os médicos têm muita dificuldade em diagnosticar a causa desses desordens.

You might be interested:  O Que É Tratamento Oncológico?

Como tratar dores psicossomáticas?

Procure ajuda psicológica – A melhor forma de prevenir e curar doenças, é começar com uma reabilitação mental. Invista no seu bem-estar e agende uma consulta com um profissional especializado que possa ajudar a mudar sua vida em âmbito geral: desde doenças psicossomáticas, até traumas.

Qual emoção afeta o fígado?

O Fígado na visão da Medicina Tradicional Chinesa (MTC)” * fígado metafísica sistemas excretores equilíbrio emocional Onde nasce o verdadeiro equilíbrio emocional: Na visão da Medicina Tradicional Chinesa ( MTC ) o fígado, do ponto de vista energético, está estreitamente envolvido com a vesícula biliar (postura e decisões), mas também com os olhos (sentido da visão), ombros, joelhos e tendões (flexibilidade), unhas, seios e todo o aparelho reprodutor feminino.

  • Na MTC se diz que o fígado é o órgão mais importante para a mulher, assim como o rim o é para o homem.
  • Praticamente todo o sistema reprodutor feminino é regido pelo fígado, responsável por alterações no ciclo menstrual, presença de cistos de ovário, miomas uterinos, corrimentos ou prurido vaginais, alterações da libido como frigidez e impotência.

O fígado é responsável por manter o livre fluxo da energia total do corpo. Como o movimento do sangue segue o movimento da energia, dizemos que o fígado direciona a circulação do sangue e regula também o ciclo menstrual. Mas seu papel mais importante, é sem dúvida, sobre o equilíbrio emocional.

  1. É o livre fluir da energia do fígado que vai nos permitir responder vitoriosamente aos desafios da vida, aos estímulos emocionais e afetivos, 24 horas por dia, cada segundo de nossa vida, sem parar.
  2. Daí começa a responsabilidade e respeito que devemos ter pelo nosso fígado e sistema hepático.
  3. E, já podemos deduzir sobre o desgaste intenso ao qual este sistema é submetido no cotidiano da vida moderna.

Pouco se sabe sobre sua importância e como auxiliar, ser cúmplice, do fígado nesta missão existencial: equilíbrio emocional e afetivo. Visão, flexibilidade, postura e decisões. Pelo contrário, só pela má alimentação e sedentarismo, a cultura ocidental faz de tudo para fragilizar o sistema hepático.

Os maus hábitos alimentares e de vida levam ao seu desequilíbrio funcional, que leva ao desequilíbrio emocional, que desencadeia mais maus hábitos alimentares e de vida. Este desequilíbrio energético pode se manifestar de várias formas. Dependendo da sua localização: insônia, enxaqueca, hipertensão, problemas digestivos, TPM, etc.

Os problemas ligados ao fígado podem ser por falta ou por excesso de energia circulante. Um bom exemplo de excesso é a raiva, mais exatamente a raiva reprimida e, num quadro de vazio energético, temos a procrastinação e o medo paralisante ou síndrome de pânico.

A estagnação do fluxo de energia do fígado freqüentemente desequilibra o emocional, produzindo sentimentos de frustração e ira. Essas mesmas emoções podem levar a uma disfunção no fígado, resultando em um ciclo interminável de causa e efeito. Como todas as emoções, boas ou más, passam pelo fígado, não devemos reprimi-las infinitamente.

A repressão das emoções provoca um bloqueio da energia que leva ao excesso de calor no fígado. Cabe uma distinção entre sentimento e emoção. Os sentimentos geralmente fortalecem os órgãos e servem como mecanismos de defesa para o organismo. Uma certa irritação que nos leva a reagir diante de um ataque ou quando nos sentimos lesados, é diferente da raiva que é cega e destrutiva.

You might be interested:  O Que É Cirurgia Refrativa?

Como prevenir uma doença Psicossomatica?

Prevenção – O Que É Doença Psicossomática Medicina Psicossomática – Agende uma consulta na Clínica CMP Curitiba: (41) 3022-4242 A melhor forma de se prevenir contra doenças psicossomáticas é tentar ao máximo levar uma vida tranquila e ter hábitos saudáveis. Estar psicologicamente bem consigo e evitar se cobrar demais é muito importante para evitar problemas de saúde no futuro.

O que acontece com o corpo quando estamos ansiosos?

Dores no peito, enjoos e suor excessivo podem aparecer A quantidade deles é extensa, mas os mais comuns são: falta de ar; coração acelerado, podendo ser acompanhado de dores no peito; mãos e pés úmidos; dores de barriga ou enjoos; falta de ar e tensão muscular.

O que são doenças psicossomáticas e cite exemplos?

O que é somatização? – Somatização é quando os sintomas físicos aparecem mas não existe doença orgânica. Isso indica que a causa dos sintomas pode ser emocional. Por exemplo, na síndrome do pânico a pessoa relata um grande mal-estar físico, como dores no peito, náuseas, tontura, falta de ar, entre outros.

Quando o corpo somatiza os conflitos da mente?

O que é somatização? – A somatização ocorre quando emoções ou problemas de ordem psicológica se manifestam por meio de sintomas físicos, De forma leve, todos nós somatizamos, em diferentes situações da vida. Por exemplo, derramamos lágrimas, quando estamos tristes.

Ruborizamos, quando sentimos vergonha. Nossa respiração e batimentos cardíacos aceleram, quando estamos ansiosos ou amedrontados, Nesses casos, a conexão entre corpo e mente é logo reconhecida e percebida como natural. Entendemos que o efeito tem causa específica e o mal-estar se afasta, conforme a emoção é superada.

No entanto, quando falamos em somatizações que causam transtornos à qualidade de vida, a relação é menos óbvia — e mais severa. Os sintomas são persistentes. E, como não são consequências evidentes de circunstâncias psicológicas, costumam levar o paciente a investigar possíveis causas orgânicas.

Quais são as dores emocionais?

Tipos de dor emocional – A dor emocional pode se manifestar no corpo todo. A tristeza, por exemplo, é uma emoção natural que todo mundo já vivenciou ao menos uma vez na vida. Mas quando se torna crônica, ou seja, não diminui ao longo do tempo, pode se tornar depressão ou outras condições de saúde mental.

A depressão exige atenção médica e pode provocar dores nas costas e nos músculos, cansaço, dores de cabeça, problemas de visão e problemas digestivos. Já a tensão nos músculos, dor no peito e respiração curta podem ser causadas pela ansiedade, que libera adrenalina, assim como a raiva e o medo. A tensão extrema também pode provocar dores nas costas, no pescoço e na cabeça.

Por fim, nervosismo, ansiedade e estresse podem, ainda, provocar sintomas digestivos, como dor de barriga e sensação de queimação na boca do estômago. Procure o médico para entender se as dores que você está sentindo têm origem emocional e como tratá-las.

O que acontece com o corpo quando estamos ansiosos?

Dores no peito, enjoos e suor excessivo podem aparecer A quantidade deles é extensa, mas os mais comuns são: falta de ar; coração acelerado, podendo ser acompanhado de dores no peito; mãos e pés úmidos; dores de barriga ou enjoos; falta de ar e tensão muscular.

0
Adblock
detector