Dor No Pescoço Lado Esquerdo Que Sobe Para A Cabeça?

Dor No Pescoço Lado Esquerdo Que Sobe Para A Cabeça
Torcicolo agudo – Torcicolo agudo ocorre quando os músculos do pescoço se contraem repentinamente, fazendo com que a cabeça se torça para o lado. Geralmente causa dor em um lado do pescoço e pode ser desencadeada por dormir sem jeito, sem muito apoio da cabeça.

O que pode ser dor no pescoço e na cabeça do lado esquerdo?

A dor de cabeça é um problema de saúde bastante comum, afetando cerca de 95% da população pelo menos uma vez na vida. Ela pode se manifestar em diferentes regiões do crânio: a cefaleia pode ser frontal ou se manifestar nos lados da cabeça, por exemplo. Há casos, inclusive, de dor de cabeça de um lado só.

  1. 1 2 Neste artigo, explicamos o que a dor de cabeça do lado esquerdo pode significar;
  2. Confira! Enxaqueca pode provocar dor de um lado da cabeça A dor de cabeça do lado esquerdo pode ter diversas causas;
  3. Uma delas é a enxaqueca o segundo tipo mais comum de cefaleia, descrita como uma dor latejante ou pulsante recorrente, moderada ou intensa e que pode se manifestar tanto somente do lado direito quanto apenas no esquerdo;

A enxaqueca também pode provocar náuseas, vômitos e sensibilidade à luz , sons ou a cheiros. 1 Como formas de prevenir a enxaqueca, é recomendado manter bons hábitos se alimentar bem e fazer exercícios físicos regularmente. Além disso, certos alimentos podem estar associados às crises e devem ser evitados, como vinho tinto, chocolate, queijo e embutidos.

  • 3 Outras formas de evitar a dor de um lado da cabeça causada pela enxaqueca são acupuntura, estimulação nervosa elétrica transcutânea (TENS), técnicas de relaxamento, além de abordagens cognitivo-comportamentais e psicológicas;

3 Cefaleia em salvas pode provocar dor de cabeça do lado esquerdo A cefaleia em salvas é outro tipo de dor de cabeçaque pode afetar apenas um lado. Ela é caracterizada por uma dor muito forte e que surge em picos, podendo ocorrer apenas do lado esquerdo.

Dura de 15 minutos a três horas e pode provocar outros sintomas, como congestão ocular e nasal, rubor facial e edema na pálpebra. 4 A dor geralmente ocorre sem aviso e é extremamente intensa, principalmente ao redor e atrás da órbita ocular.

Ela é comumente descrita como penetrante ou perfurante. Em geral, permanece do mesmo lado do olho, sem se espalhar para o resto da cabeça. 4 A cefaleia em salvas é um tipo de dor de cabeça primária, ou seja, não é provocada por outras condições de saúde. Algumas doenças podem provocar dores com características semelhantes.

Quando a dor no pescoço e preocupante?

Má postura e exercícios feitos de maneira errada são as principais causas de dor no pescoço. Entenda – O pescoço é composto de vértebras que se estendem do crânio até a parte superior do tronco. Os ossos, ligamentos e músculos do pescoço apoiam a cabeça e permitem seu movimento.

  • Qualquer anormalidade, inflamação ou lesão pode causar rigidez ou dor no pescoço;
  • É comum ter dor ou sentir uma rigidez no pescoço de vez em quando;
  • Em muitos casos, isso se deve à má postura ou uso excessivo;

Às vezes, a dor no pescoço é causada por lesões causadas por uma queda, esportes de contato ou movimentos bruscos. Na maioria das vezes, a dor no pescoço não é uma condição séria e costuma passar dentro de alguns dias. Mas, em alguns casos, a dor no pescoço pode indicar ferimentos ou doenças graves e exigir cuidados médicos.

O que é dor no pescoço que sobe para cabeça?

Dor No Pescoço Lado Esquerdo Que Sobe Para A Cabeça Categorias: Artigos , Dor de Cabeça Data de publicação: 17 de julho de 2020 às 15:14 Última data de modificação: 17 de julho de 2020 às 15:15 Cefaleia Cervicogênica – O Que é Cefaleia Cervicogênica – Uma dor de cabeça cervicogênica é uma dor que se desenvolve no pescoço, embora uma pessoa sinta a dor em sua cabeça. Uma dor de cabeça cervicogênica é um tipo de dor de cabeça secundária causada por problemas no pescoço. As causas de dor de cabeça cervicogênica incluem malformações das vértebras cervicais, lesões no pescoço, inflamação e outras condições médicas.

O que significa ter dor no pescoço do lado esquerdo?

​A dor no pescoço no lado direito ou no lado esquerdo é um problema comum que normalmente está relacionado com a tensão muscular provocada por situações como excesso de estresse, dormir em uma posição estranha ou utilizar o computador por muito tempo, por exemplo.

Como é a dor no pescoço de infarto?

Sintomas de infarto em homens – Dor torácica: um dos sintomas mais comuns em homens, pode ocorrer no centro do peito ou no sentido direita-esquerda. Vem acompanhada por sensação de pressão forte. Dor nos braços: os braços, ombros e cotovelos podem ficar doloridos, bem como o pescoço e até mesmo as costas.

Fadiga: cansaço excessivo sem explicação pode ser anúncio de que um infarto está prestes a acontecer. Tosse: a tosse acontece pelo acúmulo de fluidos nos pulmões e também pode sinalizar a condição. Batimentos cardíacos rápidos e irregulares: também são sinais conhecidos de infarto, principalmente se forem acompanhados de fraqueza, tontura e dificuldades para respirar.

Suor frio: acontece de forma repentina sem nada que explique o seu surgimento. Inchaço: pés, tornozelos, abdômen e pernas inchados podem ser alertas de risco para um infarto. Dificuldade para respirar e falta de ar: distúrbios respiratórios também ser prenúncios do problema.

Quais os sintomas do nervo do pescoço inflamado?

E perigoso ter dor no pescoço?

Apesar da dor no pescoço na maioria das vezes não apresentar nenhum risco à saúde e geralmente estar ligada a contraturas ou espasmos musculares, má postura, ou uso inadequado de tablets e smartphones, é preciso estar atento aos sinais do corpo e sempre buscar acompanhamento médico.

O que pode ser uma dor no nervo do pescoço?

A dor no pescoço é muito comum e geralmente não há motivo para preocupação. Os músculos tensos costumam ser os culpados, por exemplo, depois de trabalhar no computador por muito tempo, ser exposto a uma corrente de ar frio ou dormir em uma posição inadequada.

Mas, em muitos casos, não há uma causa clara. 1 Comumente a dor desaparece em cerca de uma a duas semanas. Em algumas pessoas, ela volta em certas situações, como depois do trabalho ou esportes intensivos.

Se os sintomas durarem mais de três meses, é considerada uma dor cervical crônica. Um dos fatores que frequentemente levam a isso é o estresse psicológico. 1 Existem dois tipos básicos de dor no pescoço: 1

  • Dor axial: é sentida principalmente na parte da coluna que pertence ao pescoço (coluna cervical) e às vezes se espalha para os ombros.
  • Dor radicular: irradia ao longo dos nervos – por exemplo, sobe pela nuca ou desce para um dos braços. Esse tipo de dor frequentemente é causado por nervos irritados – por exemplo, porque um dos discos da coluna vertebral na região do pescoço mudou e está pressionando um nervo. Isso também pode afetar os reflexos do braço e a força muscular ou resultar em uma sensação de formigamento.
You might be interested:  Qual Remedio Para Dor No Corpo?

Muito raramente a dor no pescoço é um sinal de uma condição mais séria ou de uma emergência, mas a atenção médica urgente é importante se ocorrer alguma das seguintes situações: 1

  • Após um acidente;
  • Torcicolo;
  • Perda de controle da bexiga ou intestino;
  • Dor de cabeça junto com náusea, vômito, tontura ou sensibilidade à luz;
  • Dor constante, esteja você em repouso ou em movimento;
  • Perda de peso inexplicável, febre ou calafrios;
  • Problemas nervosos e sinais de paralisia, como formigamento ou dificuldade em mover o braço ou os dedos.

Outros sintomas que requerem atenção médica incluem formigamentos persistentes, “adormecimento” frequente das mãos ou pernas, fraqueza nas pernas e dificuldade em manter o equilíbrio ao caminhar. 1 Causas 1 A dor no pescoço pode ser causada por diversos motivos, que incluem:

  • Músculos do pescoço fracos e sobrecarregados: por exemplo, ficar sentado diante de uma mesa por um longo tempo – especialmente em posições inadequadas com músculos ligeiramente tensos – pode causar dor e rigidez na região do pescoço ou ombros e, às vezes, dores de cabeça. Atividades que envolvem inclinar a cabeça para trás contra o pescoço, como pintar o teto ou certos esportes, como andar de bicicleta ou nadar com a cabeça em uma posição fixa, também podem causar problemas musculares na região.
  • Desgaste da coluna cervical: ao longo da vida, vários sinais normais de desgaste surgem na coluna. Os discos vertebrais tornam-se mais achatados e pequenos crescimentos ósseos (esporas) podem se formar ao longo das bordas dos corpos vertebrais (a parte frontal dos ossos na coluna). Isso é chamado de osteocondrose. A osteoartrite das articulações entre as vértebras do pescoço é chamada de espondilose cervical.
  • Lesão cervical: pode ocorrer se alguém bater na traseira do seu carro em um acidente de trânsito, por exemplo. O impacto da colisão faz com que a cabeça se mova rapidamente para a frente e depois volte para trás. Isso geralmente causa pequenas lesões no músculo e no tecido conjuntivo, músculos tensos doloridos e dificuldade para mover a cabeça por vários dias. Os sintomas normalmente desaparecem por completo após um curto período.
  • Estreitamento do canal vertebral ou hérnia de disco: se o canal vertebral for muito estreito, ou se o tecido do disco vertebral inchar ou vazar e colocar pressão em uma raiz nervosa, pode causar dor no pescoço que irradia para o ombro ou braço. Um disco deslocado pode causar sintomas, mas nem sempre isso ocorre.

A dor no pescoço às vezes também vem de condições inflamatórias da coluna, problemas nas articulações da mandíbula ou fortes dores de cabeça. Nem sempre é possível encontrar uma causa clara para a dor no pescoço: os ossos, tendões e nervos da coluna cervical geralmente estão muito próximos para ser capaz de determinar com exatidão o que causou os sintomas. Se nenhuma causa em especial for encontrada, os médicos se referem à dor como inespecífica.

Essas alterações podem dificultar a movimentação do pescoço, mas raramente causam dor por conta própria. Na maioria dos casos, é difícil determinar o que provocou a dor no pescoço se ela for crônica. Como aliviar 1 Algumas pessoas que têm dor no pescoço evitam praticar atividades físicas por medo de piorar as coisas ou de se machucar.

Mas não há razão para se preocupar, desde que não surjam sinais de alerta de problemas mais sérios. É até uma boa ideia permanecer ativo e continuar como de costume, apesar da dor. Os exercícios direcionados ao pescoço podem ajudar a prevenir a dor no local.

Não há pesquisas suficientes sobre a eficácia da maioria dos tratamentos para dores não específicas no pescoço. Aquecer a região com bolsa de água quente ou almofada térmica é uma maneira fácil de tentar reduzir a dor.

Outros tratamentos incluem exercícios de alongamento e fortalecimento, massagens e analgésicos. Pessoas com dor crônica intensa podem se beneficiar das terapias complementares. Isso é oferecido por médicos ou psicoterapeutas especializados em ajudar pacientes com dores intensas ou de longa duração.

As terapias complementares podem auxiliar a controlar a dor de forma que ela não domine mais a vida cotidiana. A cirurgia só é considerada se uma causa clara for encontrada e o procedimento puder ajudar.

Pode ser uma opção, por exemplo, se o tecido do disco espinhal estiver comprimindo ou “beliscando” um nervo. Mas os discos desfeitos geralmente melhoram por conta própria, de modo que o procedimento não traz grandes benefícios. A cirurgia da coluna vertebral na região do pescoço também traz riscos, por isso é importante considerar cuidadosamente as vantagens e desvantagens da operação antes de decidir.

Dor no pescoço é sintoma de COVID-19? Dentre os sintomas da COVID-19 estão as dores musculares ou no corpo, além de tosse, falta de ar ou dificuldade de respirar, febre ou calafrios, vômitos ou diarreia e perda de paladar ou olfato.

2 Qual é o melhor travesseiro para dor no pescoço? Se você sofre com dores no pescoço e na lombar, é indicado dormir de lado (decúbito lateral) utilizando um travesseiro da altura da cabeça aos ombros, que deve ser trocado a cada 3 ou 4 anos. Para evitar compressão do nervo dos membros inferiores e alinhar a pelve, também é indicado usar um travesseiro entre as pernas.

O que a ansiedade causa no pescoço?

Graduada em Psicologia, especialização em Psicanálise Clínica na Associação Brasileira de Psicanálise, extensão Sujeitos. i Respondido em 29 de junho de 2015 A ansiedade pode fazer com que você contraia músculos do corpo e assim podem causar mal estar no pescoço, no peito e em outros lugares do corpo.

Qual o melhor relaxante muscular para dor no pescoço?

Tomar um analgésico ou relaxante muscular – Quando a dor é muito intensa, uma opção é tomar remédios anti-inflamatórios e analgésicos para aliviar as dores e o desconforto, como o Paracetamol ou o Ibuprofeno. Além disso, o Coltrax também pode ser usado para diminuir a dor no pescoço, pois é relaxante muscular, ajudando a diminuir a tensão sobre os músculos do pescoço.

O que fazer com nervo do pescoço inflamado?

O que pode ser dor na nuca do lado esquerdo?

​A dor na nuca normalmente é causada por excesso de tensão muscular, principalmente devido a má postura ou situações de estresse e ansiedade. É comum que surja também a sensação de pescoço rígido e que dor possa se espalhar para ambos os lados da nuca.

Qual remédio e bom para dor no pescoço?

Remédios – Os remédios para torcicolo são normalmente indicados pelo médico quando o tratamento com pomada ou emplastro não é indicado. Assim, pode ser recomendado o uso de remédios, por via oral, com propriedade anti-inflamatória, como o Ibuprofeno e o Diclofenaco, ou analgésica, como o Paracetamol e a Dipirona.

You might be interested:  O Que É Bom Para Dor No Pulmão?

Em alguns casos, pode ser também indicado o uso de relaxantes musculares. Confira algumas opções de relaxante muscular. Além deste medicamentos, existem também opções naturais para lidar com o desconforto causado pelo torcicolo como massagem, fisioterapia ou exercícios que podem ser feitos em casa.

Assista o vídeo seguinte e confira algumas dicas que podem acabar com o torcicolo em um dia: .

Qual médico para dor no pescoço?

O que o Médico de Cabeça e Pescoço não atende? – Apesar das atribuições bem definidas, é comum que pacientes ainda se confundam com relação à especialidade de Cabeça e Pescoço. A área não trata, por exemplo, acometimentos cerebrais, como dores de cabeça e enxaqueca.

O médico indicado nessas situações é o Neurologista. Da mesma forma, dores no pescoço (cervicalgias) também não são tratadas pelo profissional de Cabeça e Pescoço. Nesses casos, o especialista mais adequado é o Ortopedista.

Desvios de septo nasal e zumbidos no ouvido também não são tratados nesta especialidade, mas pelo Otorrinolaringologista.

Quais os sintomas de tensão muscular no pescoço?

Quando a cabeça dói só de um lado o que pode ser?

Bem Estar desta quarta (5) explicou como diferenciar enxaqueca e cefaleia. Programa também deu dicas de como agir em caso de crise de epilepsia. – Você costuma sentir dor de cabeça? A dor envolve toda a cabeça ou apenas um lado? O Bem Estar desta quarta-feira (5) recebeu a otorrinolaringologista Tanit Sanchez e o neurologista Luís Otávio Caboclo para explicar a diferença entre uma simples dor, a cefaleia, e a enxaqueca.

  • Segundo o neurologista, a dor de cabeça comum acontece quando há uma sensação de peso na cabeça inteira, sendo mais comum no fim da tarde, a chamada cefaleia tensional;
  • Essa dor geralmente passa com o uso de analgésicos, ao contrário da enxaqueca, que pode não melhorar com esses medicamentos e exigir o uso de anti-inflamatórios ou remédios específicos;

O médico explicou que a enxaqueca é um tipo de cefaleia que atinge apenas um lado da cabeça ou é mais forte apenas de um lado da cabeça, sendo uma dor pulsante e latejante. Além disso, a enxaqueca pode vir associada a outros sintomas e a pessoa pode sentir ainda um incômodo com luzes, barulhos ou cheiros fortes.

A otorrinolaringologista Tanit Sanchez explica ainda que há casos de pacientes que têm uma sensibilidade maior a cheiros, como perfumes, por exemplo. Ou seja, ao sentir um odor mais forte, essas pessoas já podem ter uma dor de cabeça mais forte.

A enxaqueca pode vir acompanhada também de aura, um fenômeno neurológico que precede a dor e pode durar de 4 a 30 minutos. A mais comum é a visual, quando a pessoa enxerga luzes piscando, mas podem ocorrer ainda a sensitiva (formigamento de um lado do corpo), a motora (dificuldade de fala) e a com hemiparesia (paralisa um lado do corpo, semelhante ao AVC), como explicou o neurologista Luís Otávio Caboclo.

Nesses casos, o paciente já sabe que vai ter dor de cabeça por causa da aura e, por isso, toma o medicamento na hora certa, evitando o surgimento do problema. No entanto, se a enxaqueca for crônica, é preciso fazer um tratamento de prevenção da dor.

Na maioria das vezes, são usados remédios analgésicos ou anti-inflamatórios, mas se a enxaqueca for muito frequente, é melhor procurar um médico já que o uso excessivo de medicamentos pode levar a uma dor rebote, que ocorre logo após o efeito do remédio e é mais intensa.

  • De acordo com o neurologista, existem ainda medidas não farmacológicas que podem ajudar no alívio da dor, como exercício físico e atividades relaxantes, como massagem, ioga e ofurô, por exemplo (veja mais dicas no vídeo acima, exclusivo para a web);

Tontura ou vertigem? A dor de cabeça também pode estar associada a tontura e vertigem. Mas como identificá-los e diferenciá-los? A repórter Daiana Garbin foi às ruas ouvir como as pessoas descrevem a falta de equilíbrio e descobriu que muitas delas não sabem a diferença entre esses problemas (veja no vídeo abaixo).

  • Porém, é simples entender: se houver um mal-estar, perda de equilíbrio ou escurecimento da visão, é tontura;
  • Se tudo ao redor começar a girar, também é um tipo de tontura, mas nesse caso os médicos caracterizam como vertigem, que pode até levar a um desmaio;

Como mostrou a reportagem, a tontura aparece também quando o nível de açúcar no sangue fica muito baixo, a chamada hipoglicemia, que acontece geralmente quando a pessoa passa muitas horas do dia sem comer. A otorrinolaringologista Tanit Sanchez alerta ainda que a vertigem é um sintoma relacionado geralmente a algum problema no labirinto, como a labirintite, mas pode ser causada ainda por alterações nos vasos do pescoço ou por alguma sensibilidade visual. Dor No Pescoço Lado Esquerdo Que Sobe Para A Cabeça Epilepsia O Bem Estar desta quarta-feira (5) falou também sobre epilepsia, um problema que ocorre quando um grupo de células cerebrais se descarregam de forma excessiva e anormal. Em geral, essas descargas no cérebro provocam crises, que podem variar de pessoa para pessoa e vão desde uma ausência a uma crise convulsiva completa. Por isso, é importante saber como agir nessas situações, como alertaram os médicos. Na crise parcial, apenas um lado do corpo se mexe e não há perda de consciência; na crise generalizada, o corpo todo se debate e há perda de consciência, quando a pessoa pode cair, morder a língua, sangrar pela boca ou vomitar.

De qualquer maneira, é importante se proteger na hora da tontura, aproximando-se de algum apoio e sentando no chão para evitar quedas. Geralmente essas crises duram menos de 5 minutos, mas podem durar mais – se isso acontecer, é fundamental levar o paciente para um hospital, como explicou a reportagem da Natália Ariede (confira no vídeo acima).

Nas crianças, existem alguns fatores desencadeantes de crises, como a privação do sono, a respiração rápida, a estimulação visual ou estresse. Já nos adultos, a privação do sono também é um fator que pode levar a crises, assim como a bebida alcoólica, a chegada da menstruação e o estresse emocional.

Vale ressaltar, no entanto, que não são todas as epilepsias que geram convulsão, da mesma maneira que nem toda convulsão significa epilepsia. Outros problemas como hipoglicemia grave, queda de sódio, queda de potássio ou trauma de cabeça também podem provocar crises convulsivas.

Pode ocorrer ainda uma síncope convulsiva, um desmaio acompanhado de abalos musculares, mas que não é necessariamente uma convulsão. Em caso de crise, é fundamental segurar a pessoa de lado, proteger a cabeça, colocar uma toalha embaixo e esperar a crise passar.

Muita gente acha que é preciso colocar a mão na boca do paciente e segurar a língua, mas o neurologista alerta que isso não é indicado e pode ainda machucar o dedo de quem está segurando. Depois da crise, é fundamental ainda confortar o paciente.

Zumbido A otorrinolaringologista Tanit Sanchez falou também sobre o zumbido, um problema que pode ser sintoma de diversas doenças. Na maioria das vezes, ele dura apenas algumas horas, o que faz a pessoa acreditar que é normal, mas na verdade, o zumbido é sinal de fragilidade auditiva e deve ser levado a sério.

  1. Caso permaneça por mais tempo, é fundamental procurar um médico o quanto antes porque a reversão desse quadro é mais provável no período de até 48 horas – se não tratado corretamente, pode ficar para sempre;
You might be interested:  Dor Na Axila Qual Médico Procurar?

Dependendo da causa, o zumbido tem tratamento ou pode melhorar muito, como explicou a médica no programa (confira no vídeo acima). Existem casos de pacientes que o escutam apenas no silêncio ou quando prestam atenção em seus ouvidos, mas nem todos se incomodam. Dor No Pescoço Lado Esquerdo Que Sobe Para A Cabeça Dor No Pescoço Lado Esquerdo Que Sobe Para A Cabeça.

O que pode causar dor no nervo do pescoço?

A dor no pescoço é muito comum e geralmente não há motivo para preocupação. Os músculos tensos costumam ser os culpados, por exemplo, depois de trabalhar no computador por muito tempo, ser exposto a uma corrente de ar frio ou dormir em uma posição inadequada.

  1. Mas, em muitos casos, não há uma causa clara;
  2. 1 Comumente a dor desaparece em cerca de uma a duas semanas;
  3. Em algumas pessoas, ela volta em certas situações, como depois do trabalho ou esportes intensivos;

Se os sintomas durarem mais de três meses, é considerada uma dor cervical crônica. Um dos fatores que frequentemente levam a isso é o estresse psicológico. 1 Existem dois tipos básicos de dor no pescoço: 1

  • Dor axial: é sentida principalmente na parte da coluna que pertence ao pescoço (coluna cervical) e às vezes se espalha para os ombros.
  • Dor radicular: irradia ao longo dos nervos – por exemplo, sobe pela nuca ou desce para um dos braços. Esse tipo de dor frequentemente é causado por nervos irritados – por exemplo, porque um dos discos da coluna vertebral na região do pescoço mudou e está pressionando um nervo. Isso também pode afetar os reflexos do braço e a força muscular ou resultar em uma sensação de formigamento.

Muito raramente a dor no pescoço é um sinal de uma condição mais séria ou de uma emergência, mas a atenção médica urgente é importante se ocorrer alguma das seguintes situações: 1

  • Após um acidente;
  • Torcicolo;
  • Perda de controle da bexiga ou intestino;
  • Dor de cabeça junto com náusea, vômito, tontura ou sensibilidade à luz;
  • Dor constante, esteja você em repouso ou em movimento;
  • Perda de peso inexplicável, febre ou calafrios;
  • Problemas nervosos e sinais de paralisia, como formigamento ou dificuldade em mover o braço ou os dedos.

Outros sintomas que requerem atenção médica incluem formigamentos persistentes, “adormecimento” frequente das mãos ou pernas, fraqueza nas pernas e dificuldade em manter o equilíbrio ao caminhar. 1 Causas 1 A dor no pescoço pode ser causada por diversos motivos, que incluem:

  • Músculos do pescoço fracos e sobrecarregados: por exemplo, ficar sentado diante de uma mesa por um longo tempo – especialmente em posições inadequadas com músculos ligeiramente tensos – pode causar dor e rigidez na região do pescoço ou ombros e, às vezes, dores de cabeça. Atividades que envolvem inclinar a cabeça para trás contra o pescoço, como pintar o teto ou certos esportes, como andar de bicicleta ou nadar com a cabeça em uma posição fixa, também podem causar problemas musculares na região.
  • Desgaste da coluna cervical: ao longo da vida, vários sinais normais de desgaste surgem na coluna. Os discos vertebrais tornam-se mais achatados e pequenos crescimentos ósseos (esporas) podem se formar ao longo das bordas dos corpos vertebrais (a parte frontal dos ossos na coluna). Isso é chamado de osteocondrose. A osteoartrite das articulações entre as vértebras do pescoço é chamada de espondilose cervical.
  • Lesão cervical: pode ocorrer se alguém bater na traseira do seu carro em um acidente de trânsito, por exemplo. O impacto da colisão faz com que a cabeça se mova rapidamente para a frente e depois volte para trás. Isso geralmente causa pequenas lesões no músculo e no tecido conjuntivo, músculos tensos doloridos e dificuldade para mover a cabeça por vários dias. Os sintomas normalmente desaparecem por completo após um curto período.
  • Estreitamento do canal vertebral ou hérnia de disco: se o canal vertebral for muito estreito, ou se o tecido do disco vertebral inchar ou vazar e colocar pressão em uma raiz nervosa, pode causar dor no pescoço que irradia para o ombro ou braço. Um disco deslocado pode causar sintomas, mas nem sempre isso ocorre.

A dor no pescoço às vezes também vem de condições inflamatórias da coluna, problemas nas articulações da mandíbula ou fortes dores de cabeça. Nem sempre é possível encontrar uma causa clara para a dor no pescoço: os ossos, tendões e nervos da coluna cervical geralmente estão muito próximos para ser capaz de determinar com exatidão o que causou os sintomas. Se nenhuma causa em especial for encontrada, os médicos se referem à dor como inespecífica.

  • Essas alterações podem dificultar a movimentação do pescoço, mas raramente causam dor por conta própria;
  • Na maioria dos casos, é difícil determinar o que provocou a dor no pescoço se ela for crônica;
  • Como aliviar 1 Algumas pessoas que têm dor no pescoço evitam praticar atividades físicas por medo de piorar as coisas ou de se machucar;

Mas não há razão para se preocupar, desde que não surjam sinais de alerta de problemas mais sérios. É até uma boa ideia permanecer ativo e continuar como de costume, apesar da dor. Os exercícios direcionados ao pescoço podem ajudar a prevenir a dor no local.

Não há pesquisas suficientes sobre a eficácia da maioria dos tratamentos para dores não específicas no pescoço. Aquecer a região com bolsa de água quente ou almofada térmica é uma maneira fácil de tentar reduzir a dor.

Outros tratamentos incluem exercícios de alongamento e fortalecimento, massagens e analgésicos. Pessoas com dor crônica intensa podem se beneficiar das terapias complementares. Isso é oferecido por médicos ou psicoterapeutas especializados em ajudar pacientes com dores intensas ou de longa duração.

As terapias complementares podem auxiliar a controlar a dor de forma que ela não domine mais a vida cotidiana. A cirurgia só é considerada se uma causa clara for encontrada e o procedimento puder ajudar.

Pode ser uma opção, por exemplo, se o tecido do disco espinhal estiver comprimindo ou “beliscando” um nervo. Mas os discos desfeitos geralmente melhoram por conta própria, de modo que o procedimento não traz grandes benefícios. A cirurgia da coluna vertebral na região do pescoço também traz riscos, por isso é importante considerar cuidadosamente as vantagens e desvantagens da operação antes de decidir.

Dor no pescoço é sintoma de COVID-19? Dentre os sintomas da COVID-19 estão as dores musculares ou no corpo, além de tosse, falta de ar ou dificuldade de respirar, febre ou calafrios, vômitos ou diarreia e perda de paladar ou olfato.

2 Qual é o melhor travesseiro para dor no pescoço? Se você sofre com dores no pescoço e na lombar, é indicado dormir de lado (decúbito lateral) utilizando um travesseiro da altura da cabeça aos ombros, que deve ser trocado a cada 3 ou 4 anos. Para evitar compressão do nervo dos membros inferiores e alinhar a pelve, também é indicado usar um travesseiro entre as pernas.

O que a ansiedade causa no pescoço?

Graduada em Psicologia, especialização em Psicanálise Clínica na Associação Brasileira de Psicanálise, extensão Sujeitos. i Respondido em 29 de junho de 2015 A ansiedade pode fazer com que você contraia músculos do corpo e assim podem causar mal estar no pescoço, no peito e em outros lugares do corpo.

0
Adblock
detector